Google+ Badge

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

CERVEJA EM HOMENAGEM AO TIME GAÚCHO INTERNACIONAL


Por Letícia Souza Gomes e Artur Neves
 
Cerveja em homenagem ao título brasileiro invicto do Inter começa a ser vendida nesta sexta
Invencível 79 tem fórmula Pale Ale, mais amarga e sabor marcante
por Roberto Azambuja 25/09/2014
"Uma cerveja incomparável, para aqueles que jamais foram vencidos". A frase inscrita no rótulo é apenas um aperitivo aos amantes de bebidas artesanais e, principalmente, colorados. Chega nesta sexta-feira, em butiques e lojas especializadas, a Invencível 79, cerveja desenvolvida e produzida em parceria pela distribuidora H3RTAV e a indústria H Bier, de Santa Cruz do Sul. A bebida é uma homenagem ao título brasileiro conquistado pelo Inter em 1979 de forma invicta. Em um gole, o torcedor pode relembrar as atuações de Mauro Galvão, Falcão, Batista, Jair, Valdomiro e Mário Sérgio pelos gramados do país sem qualquer derrota.— A gente estava procurando alguma coisa que lembrasse o Inter, mas como não podemos fazer nada relacionado à marca do clube, pensamos em um episódio marcante para a torcida (o Inter tem contrato com uma cervejaria nacional). Eu, mesmo não sendo da época de 1979, tenho orgulho em dizer que meu time é campeão invicto. Qualquer discussão de futebol que tem cerveja, vai ter essa rivalidade de forma sadia — comenta o proprietário da H3RTAV e colorado, Gustavo Tavares, 25 anos. Do tipo Pale Ale, a cerveja apresenta coloração caramelizada, mais amarga e encorpada, com sabor "marcante" devido à maior presença do lúpulo na composição. A fórmula Red Ale, de tom avermelhado que caracterizaria ainda mais o clube homenageado, acabou dispensada pelos produtores.
— É muito chavão. Qualquer um que pensasse em uma cerveja do Inter, pensaria neste tipo. Então por que não fugir do Red Ale? — analisa Tavares. Gustavo e João Hernández, o sócio gremista da H3RTAV, querem aproximar a paixão clubística à cultura da cerveja artesanal. Por isso, a ideia foi criar uma bebida que tomasse a metade vermelha do Estado, já que a distribuidora havia lançado a Avalanche, em alusão à Geral do Grêmio.— A gente deixa cartas na manga. Tenho certeza que um cervejeiro vai criar algo em relação ao Mundial. Mas Inter e Grêmio se equiparam em títulos. O diferencial é a forma como o último Brasileirão foi conquistado. Aquele time era osso duro de roer. Sou mais ligado ao futebol da moda antiga — pondera.”
A idéia é aproximar os apaixonados por futebol e as cervejas artesanais, pois quem degusta uma boa cerveja se torna um apaixonado por cervejas artesanais!
 

 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário