Google+ Badge

quarta-feira, 18 de junho de 2014

HARMONIZANDO COM A CULINÁRIA PAULISTA EM ÉPOCA DE COPA


Por Letícia Souza Gomes e Artur Neves

Aproveitando os eventos e os turistas que vieram para a Copa do Mundo 2014 no Brasil, vamos conhecer um pouco das arenas e dos pratos típicos de cada região, dando sugestões de harmonização com as cervejas artesanais brasileiras. Uma rica combinação de cultura, gastronomia e esporte!

Arena Corinthias (São Paulo)

Arena de São Paulo, cujo nome provisório é Arena Corinthians e que também é popularmente conhecida como Itaquerão, é um estádio de futebol localizado no distrito de Itaquera, na zona leste do município de São Paulo. Com capacidade para 48 234 lugares, é o quinto maior estádio da Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol e o 11º maior do Brasil. Durante a Copa do Mundo e pelo menos até o final de 2014, poderá receber até 69 160 espectadores.
 

Receita de Virado a paulista

Harmoniza com: Rauchbier, Bock, IPA, Pale Ale

Cervejas nacionais:  Colorado Indica IPA, Eisenbhan Pale Ale, Way Pale Ale, Bamberg Raichbier, Bierland Bock

Ingredientes

500 g bisteca (100g cada)
sal a gosto
100 ml de óleo
1 kg toucinho fresco
200g linguiça toscana fresca
5 bananas
8 ovos
200g farinha de rosca
5 dentes de alho
1 maço de couve (300g)
100g farinha de trigo
200g farinha de mandioca
300g feijão
100g toucinho defumado
300g arroz
3 limões
10 g pimenta-do-reino
1maço pequeno de salsa
50 ml leite

Modo de Preparo:
Escolher o feijão e levar para cozinhar.
Temperar a bisteca com sal, 1 limão, pimenta do reino e um pouco de salsa.
Deixar neste marinado por no mínimo 2 horas.
Descascar e empanar a banana, passando-a na farinha de trigo, em seguida em 2 ovos acrescido de leite e sal. Por último na farinha de rosca.
Cortar o toucinho defumado em cubos de aproximadamente 4 cm. Colocar 50ml de óleo em uma caçarola, colocar o toucinho picado e deixar fritar até ficar bem sequinho em ponto de torresmo. Quando estiver quase seco, salpicar um pouco de sal. Obs. Nunca colocar sal antes no toucinho, pois ele não se transformar em torresmo, fica mole e gruda na panela.
Cortar a couve em tiras finas, refogar com um pouco de alho, toucinho defumado e óleo.
Retirar o feijão do fogo, temperar somente os grãos em óleo que sobrou do torresmo, acrescentar alho e cebola. Misturando com colher de pau, por último acrescentar o caldo, cozinhar por 10 minutos, acrescentar a farinha de mandioca aos poucos, mexendo ligeiramente.
Fritar a linguiça. Fritar os ovos estalados. Fazer o arroz pelo processo normal. Fritar ou grelhar a bisteca.
Montar o prato com o virado do feijão no centro da travessa e o restante dos ingredientes ao lado de forma que se perceba todos eles, sem deixar muito amontoados.
OBS: O virado a paulista sempre é feito com farinha de mandioca. A couve não precisa ser cortada muito fina.
O ovo deve ser colocado por cima dos ingredientes e a sua gema não poderá ser quebrada.

 
 




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário