Google+ Badge

domingo, 12 de março de 2017

O QUE VÍMOS NO FESTIVAL BRASILEIRO DA CERVEJA EDIÇÃO 2017 – BLUMENAU (SC)

Por Letícia Souza Gomes e Artur Neves

O que podemos dizer sobre o Festival Brasileiro da Cerveja 2017?






Foi incrível! Em todos os aspectos! A organização, o espaço, as cervejarias , a cidade,os visitantes, enfim tudo.
O espaço físico, a Vila Germânica , por si só já é uma atração à parte, sua arquitetura, suas  lojas. Dentro do Festival, tiveram todo o cuidado na montagem e disposição dos estandes, proporcionando um fluxo confortável para a imensa população de amantes, curiosos ou especialistas desse mundo cervejeiro. Banheiros sempre limpos, corredores idem, pontos de higienização de copos, as mesas sempre limpas. Isso tudo, reflete a importância que é dado ao evento.
Por parte das cervejarias, houve muita vontade de mostrar novidades, explicar os diversos tipos de estilos, suas nuances e complexidades de cada cerveja, tornando se um momento de muita aprendizagem e confirmação do nível de qualidade que a grande maioria de cervejarias estão alcançando. Tudo isso refletido na quantidade de estilos pouco vistos em diversos pontos comerciais. Barley Wines, Sours, NE Ipas, lado ao lado, das Pilsens, Weiss, Ipas e Stouts do dia a dia. Com tudo isso, não foram simplesmente as cervejarias premiadas as grandes vencedoras, e sim o público, que pode conferir tudo isso em doses de 100, 200 e 300ml. Muitas oferecendo growlers, demonstrando uma nova tendência comercial (tínhamos também a Irmãos Ferraro, com um enchedor de latas).
Um ponto deve ser ressaltado, a ausência de algumas cervejarias, que embora façam parte do portifólio de mega empresas, que não estão interessadas no crescimento da cultura da cerveja artesanal, fizeram parte (e ainda fazem) da história. Deve-se deixar o público decidir o que, e o que não beber. Dar a opção ao consumidor, é o grande desafio, pois só assim teremos um público capaz de escolher entre qualidade x custo, quantidade x qualidade. Beba menos, beba melhor, beba consciente.

Outro detalhe, foi a falta de bolachas por parte de muitas empresas, deixando assim,um público que além de querer conhecer, quer guardar para uma lembrança, colecionar, ou seja, valorizar uma marca. Esse detalhe foi muito valorizado por algumas cervejarias, que vendiam suas bolachas como souvenirs. E muitas pessoas compraram a ideia. Parabéns a todos, e agora ó nos resta esperar o próximo festival. E para quem não quer esperar, muito, vem aí o Festival Da Cerveja Gaúcha em Bento Gonçalves,  dias 12  e 13 de maio!!! Nos vemos lá!!!

















ACESSEM TAMBÉM AS NOSSAS PÁGINAS NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM! 

www.facebook.com/CervejasArtesanaisdoBrasil

@CervejasArtesanaisdoBrasil





Nenhum comentário:

Postar um comentário