Google+ Badge

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

O QUE VÍMOS E BEBEMOS NO FESTIVAL DA CERVEJ GAÚCHA 2016

Por Letícia Souza Gomes e Artur Neves



A nossa primeira experiência no Festival da Cerveja Gaúcha foi ótima! Desde a organização do evento, infraestrutura, das cervejarias participantes, do DJ com ótima seleção de músicas, shows animados e, é claro, as estrelas do festival, as excelentes cervejas gaúchas.
Em cada stand que visitamos, um ótimo papo com os cervejeiros falando com orgulho de suas crias e a degustação de excelentes cervejas conhecidas e incríveis encontros com novas cervejarias gaúchas.









A novidade do festival começou com o copo do evento que, assim como acontecerá no Mondial de La Bière no Rio, em outubro, veio com marcação para 100ml ou copo cheio (300 ml). Isso foi fantástico, pois além de preços diferenciados para os ml escolhidos, nos possibilitou experimentar uma grande variedade de cervejas e estilos.



Passamos por todos os stands e degustamos o máximo de cervejas que conseguimos nesses dois dias de eventos. O dinheiro do festival era a famosa “pila”, que eram vendidas em notas de 1, 2, 5 e 10 pilas, vendidos na cotação do real. Voltamos sem nenhuma pila no bolso, mas todas foram muito bem gastas, nas doses de cervejas compradas e nos growlers que trouxemos cheios de cerveja gaúcha na bagagem!


Conhecemos a Cervejaria Zapata, a cervejaria rural de Porto Alegre e ficamos encantados com a história da cervejaria, suas cervejas produzidas e os novos projetos conversados com o simpático cervejeiro da Zapata. A cervejaria, localizada na região rural de Viamão, foi fundada em janeiro de 2015. Funciona no Sítio Del Bosque, com um conceito inédito no Brasil –  Farmhouse Brewery, que tem como referências as cervejarias de fazenda Franco-Belgas e as cervejarias rurais norte-americanas. Os rótulos são incríveis, acerveja é ótima e as opções de escolha de estilo também:

Ernesto – Imperial Irish Red Ale
Frida – Robust Mint Porter
Mahatma – South American IPA
Ziggy – Witginger Lemon
Ziggy -  Witspice Orange
Ma Donna – Bohemia Lager Virgin
Trouxemos para casa um growler da cervejaria cheio de Mahatma!!! Deliciosa!






O que vimos e bebemos?










É claro que isso é apenas uma pequena amostra das tantas boas cervejas gaúchas do festival, nos dois dias que visitamos! Tanto a organização do evento como as cervejarias participantes e também os food trucks.

ACESSE TAMBÉM AS NOSSAS PÁGINAS NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM E CURTA!!!

www.facebook.com/CervejasArtesanaisdoBrasil

@cervejasartresanaisdobrasil



Nenhum comentário:

Postar um comentário